fachada da casa rosada em buenos aires

Um dia em Buenos Aires: Parada de Cruzeiros ou Conexões / Stopover na cidade!

Há muitos viajantes que acabam tendo apenas um dia em Buenos Aires por motivos diversos: uma parada de cruzeiro, ou uma oportunidade rápida de conhecer e dar um giro na cidade por uma conexão mais longa e mesmo um stopover.

Sendo assim, a ideia deste post é fazer seu curto tempo na cidade render e ser bem aproveitado, tanto para aqueles que chegam pela primeira vez com dicas clássicas, quanto para aqueles que desejam aproveitar locais diferentes ou relembrar uma viagem anterior na capital argentina.

Claro que se você desejar algo mais específico de detalhado, com sugestões de restaurantes e indicações precisas, minhas opções de consultoria e viagem sob medida podem ser o ideal para você aproveitar ainda mais o destino. Bora lá?

Informações importantes

Antes de dar dicas de roteiros ou ideias de o que fazer em um dia em Buenos Aires, alguns pontos são bem importantes de serem considerados:

> Se o seu caso é uma parada entre voos, a primeira coisa é analisar qual é o aeroporto que você estará. Se for o aeroporto de Ezeiza (EZE), você precisa ter pelo menos umas 10 horas de conexão ou mais na cidade, já que, além dos trâmites de desembarque e novo embarque posteriormente, ele fica a no mínimo 1h do centro, e pode ser até mais de acordo com o trânsito, além do custo de deslocamento.

Já se o seu voo chegar pelo Aeroparque (AEP) é mais fácil, porque ele está bem pertinho da área central, e em 15-20 minutos você já pode chegar em vários locais bacanas. Mas, calcule também seu tempo para não se atrasar, e chegue pelo menos 2h antes no aeroporto se for uma conexão dentro da Argentina (como para Mendoza ou Bariloche) ou até pouco mais se for para outro país, como para o Chile.

> Se você chegar com um Navio, pode ficar tranquilo(a) que o Terminal de Cruzeiros também está pertinho do centro, inclusive pouco antes do Aeroparque. Porém, se programe para acordar cedo e descer logo nas primeiras horas, até porque existe uma logística para desembarcar – e não deixe que um dia em Buenos Aires acabe virando meio!

Fachada do Shopping Galerías Pacífico
O clássico shopping Galerias Pacífico está bem no início do centro, e tem fácil acesso a partir do Porto e mesmo do Aeroparque.

Como o terminal tem muito mais navios de carga do que de passageiros, e não é permitido que turistas circulem nestas áreas pelo porto. O procedimento de descida é aguardar um ônibus que leva e trás os passageiros até o terminal, onde há algumas lojas (e sempre tem agências oferecendo passeios também), e a saída para a cidade. Não é demorado, porém tem seu tempo.

Dali há quem vá até caminhando para o centro, mas também é viável pegar transporte por aplicativo e táxis, lembrando que quem desejar o App recomendo usar o Cabify que é legalizado na cidade. O Uber existe, mas não é regulamentado localmente.

Um dia em Buenos Aires – Roteiro Clássico

Se você nunca esteve em Buenos Aires, a ideia é você conhecer o que é mais clássico e icônico da cidade. Por isso, a proposta deste roteiro é começar cedinho para te dar a oportunidade de conhecer duas regiões da cidade que são bem famosas, e com tempo de voltar para seu novo embarque.

Caso você prefira fazer tudo com mais calma e tranquilidade, vá direto para a parte 2 do roteiro que já será bacana também, sendo aqui considerando um roteiro com manhã e tarde.

Parte 1 (manhã): La Boca

Siga direto para a região de La Boca para começar o passeio com uma dose de futebol e visitar a Bombonera, o estádio do Boca Juniors.

Mesmo quem não é fã de futebol pode aproveitar bem a visita, já que há um museu que conta não apenas a história do time, mas a história desta região. Há opções diversas de tours e você pode escolher sua favorita de acordo com seu tempo.

O icônico Caminito é um clássico da cidade que vale muito conhecer

Então será hora de passear pelo icônico Caminito que está a poucas quadras do estádio. Você pode ir andando, desde que com cuidado e por caminhos mais movimentados, para evitar problemas com furtos. Siga pelo acesso principal que há mais comércios e movimento que não será um problema.

Ali é um ponto histórico onde estão os “conventillos” (cortiços) coloridos e que se tornaram turísticos e muito charmosos. Eles surgiram quando as famílias originais desta região fugiram devido a uma epidemia de tifo, e alugaram suas residências para os imigrantes que estavam chegando no porto.

Esta região teve seus altos e baixos e chegou a ser um local quase abandonado. Porém, felizmente houve uma mobilização e restauro, e se tornou um polo turístico com a presença de artistas, restaurantes e lojas para já garantir sua lembrança. Curta e tire muitas fotos, e ali já pode ser uma opção de almoço em um dos restaurantes de La Boca.

Parte 2: Do centro à Puerto Madero

Agora é o momento de bater perna pelo centro para passear e ver alguns dos lugares mais conhecidos da cidade.

Seja via transporte por aplicativo ou sua melhor opção, você pode seguir direto ao Teatro Colón. Este espaço cultural é grande e lindíssimo e você pode ao menos conhecê-lo por fora. Há visitas guiadas, mas salvo se realmente você fique até a noite na cidade, você conhecerá seu exterior, e seguirá 3 quadras pela Av. 9 de julio, a mais larga do mundo até o Obelisco, onde está o letreiro B. A. e vai garantir a foto!

Dali você pode descer cerca de 5 quadras pela movimentada Av. Corrientes até a Rua Florida. Na verdade tem várias opções ruas para passear ali com lojas e galerias e inclusive apenas para pedestres e você até pode mudar, mas por ser bem conhecida é uma opção bem fácil para se localizar para chegar na Florida.

Esta Rua ficou famosa por sua antigas bancas de flores… hoje não tem o mesmo charme, mas ainda é bem conhecida e tem muitos comércios e lojas para turistas. Para provar produtos de marcas bem locais e corriqueiras, você pode comprar alfajores e doces em uma das várias lojas 25h espalhadas nela.

Se quiser não sair da rota, você irá para a direita, mas vale voltar um pouquinho indo à esquerda para conhecer mais da Rua e o Shopping Galerias Pacífico, umas 4 quadras a esquerda e seu belíssimo teto com afrescos e inclusive dá pra beliscar algo se bater a fome.

fachada da casa rosada em buenos aires
A sede do governo argentino não fica de fora desta parada de um dia em Buenos Aires!

Retorne andando um pouco mais, passe a Av. Corrientes e siga mais algumas quadras até você ver uma Avenida larga onde então você já verá o início da Plaza de Mayo, onde você vai descer cerca de 2 quadras. Ali é possível visitar a Catedral Metropolitana e conhecer a Fachada da Casa Rosada, a famosa sede do governo argentino.

Por fim, você pode descer pela lateral esquerda (olhando de frente) da Casa Rosada e passar pelo Centro Cultural Kirchner – que fica para uma próxima e é um dos lugares que indico do meu roteiro com crianças – e mais uns minutinhos você chegará em Puerto Madero, em uma área central dele.

Puerto Madero é uma região muito legal de antigas docas de Porto que se transformou em um centro gastronômico e delicioso para passear. Ali tem opções diversas desde sorvetes e lanches até restaurantes mais sofisticados ou cafés.

Ali ainda é possível conhecer a Fragata Sarmiento, um antigo barco que é possível ver seu interior como um museu geralmente no período da tarde, ou e a Puente de la Mujer, que atravessa a doca e é um ponto clássico da região.

Você fecha ali com chave de ouro para retornar ao aeroporto ou ao navio se o seu dia acabar. Para quem ainda tem a noite, a dica é assistir um show de tango – tem por ali mesmo – porém é necessário conferir horários, até porque muitos começam bem mais tarde.

Um dia em Buenos Aires – Opção Alternativa

Se você já conhece estes lugares e quer explorar algo diferente, uma boa opção é curtir a região de Palermo! Este é um dos bairros mais gostosos com muitas opções gastronômicas e seus deliciosos bosques e ruas para passear.

Mulher sentada em banco com lago e portal japonês ao fundo.
O Jardín Japonês é um dos lugares que dá pra visitar em um roteiro nos arredores de Palermo!

Aqui vale pegar um mapinha para escolher pontos favoritos de interesse dos viajantes para montar um roteirinho (posso ajudar com minha consultoria também).

Tem vários parquinhos públicos maravilhosos para as crianças, o Distrito Arcos Outlet super charmoso e para quem desejar fazer compras, e ótimos restaurantes e opções gastronômicas ao redor da Plaza Inmigrante de Armenia seja para doces locais ou para uma Parrilla caprichada.

Em Palermo e arredores você ainda pode visitar alguns lugares bacanas como:

> El Rosedal;

> Eco parque;

> Jardin Japones + Plaza Alemania;

> Centro Cultural de la Ciencia;

Agora ficou fácil de aproveitar… qual foi mais a sua cara? Seja como for o importante é planejar com cuidado para ter um dia super bem aproveitado na capital argentina e aproveitar ao máximo.

E precisando, conte comigo! Seja como for, com planejamento vai ser sucesso, só vai ficar com um gostinho de quero mais para uma próxima oportunidade para voltar com calma!