fachada da casa rosada em buenos aires

Um dia em Buenos Aires: Parada de Cruzeiros ou Conexões / Stopover na cidade!

Há muitos viajantes que acabam tendo apenas um dia em Buenos Aires por motivos diversos: uma parada de cruzeiro, ou uma oportunidade rápida de conhecer e dar um giro na cidade por uma conexão mais longa e mesmo um stopover.

Sendo assim, a ideia deste post é fazer seu curto tempo na cidade render e ser bem aproveitado, tanto para aqueles que chegam pela primeira vez com dicas clássicas, quanto para aqueles que desejam aproveitar locais diferentes ou relembrar uma viagem anterior na capital argentina.

Claro que se você desejar algo mais específico de detalhado, com sugestões de restaurantes e indicações precisas, minhas opções de consultoria e viagem sob medida podem ser o ideal para você aproveitar ainda mais o destino. Bora lá?

Informações importantes

Antes de dar dicas de roteiros ou ideias de o que fazer em um dia em Buenos Aires, alguns pontos são bem importantes de serem considerados:

> Se o seu caso é uma parada entre voos, a primeira coisa é analisar qual é o aeroporto que você estará. Se for o aeroporto de Ezeiza (EZE), você precisa ter pelo menos umas 10 horas de conexão ou mais na cidade, já que, além dos trâmites de desembarque e novo embarque posteriormente, ele fica a no mínimo 1h do centro, e pode ser até mais de acordo com o trânsito, além do custo de deslocamento.

Já se o seu voo chegar pelo Aeroparque (AEP) é mais fácil, porque ele está bem pertinho da área central, e em 15-20 minutos você já pode chegar em vários locais bacanas. Mas, calcule também seu tempo para não se atrasar, e chegue pelo menos 2h antes no aeroporto se for uma conexão dentro da Argentina (como para Mendoza ou Bariloche) ou até pouco mais se for para outro país, como para o Chile.

> Se você chegar com um Navio, pode ficar tranquilo(a) que o Terminal de Cruzeiros também está pertinho do centro, inclusive pouco antes do Aeroparque. Porém, se programe para acordar cedo e descer logo nas primeiras horas, até porque existe uma logística para desembarcar – e não deixe que um dia em Buenos Aires acabe virando meio!

Fachada do Shopping Galerías Pacífico
O clássico shopping Galerias Pacífico está bem no início do centro, e tem fácil acesso a partir do Porto e mesmo do Aeroparque.

Como o terminal tem muito mais navios de carga do que de passageiros, e não é permitido que turistas circulem nestas áreas pelo porto. O procedimento de descida é aguardar um ônibus que leva e trás os passageiros até o terminal, onde há algumas lojas (e sempre tem agências oferecendo passeios também), e a saída para a cidade. Não é demorado, porém tem seu tempo.

Dali há quem vá até caminhando para o centro, mas também é viável pegar transporte por aplicativo e táxis, lembrando que quem desejar o App recomendo usar o Cabify que é legalizado na cidade. O Uber existe, mas não é regulamentado localmente.

Um dia em Buenos Aires – Roteiro Clássico

Se você nunca esteve em Buenos Aires, a ideia é você conhecer o que é mais clássico e icônico da cidade. Por isso, a proposta deste roteiro é começar cedinho para te dar a oportunidade de conhecer duas regiões da cidade que são bem famosas, e com tempo de voltar para seu novo embarque.

Caso você prefira fazer tudo com mais calma e tranquilidade, vá direto para a parte 2 do roteiro que já será bacana também, sendo aqui considerando um roteiro com manhã e tarde.

Parte 1 (manhã): La Boca

Siga direto para a região de La Boca para começar o passeio com uma dose de futebol e visitar a Bombonera, o estádio do Boca Juniors.

Mesmo quem não é fã de futebol pode aproveitar bem a visita, já que há um museu que conta não apenas a história do time, mas a história desta região. Há opções diversas de tours e você pode escolher sua favorita de acordo com seu tempo.

O icônico Caminito é um clássico da cidade que vale muito conhecer

Então será hora de passear pelo icônico Caminito que está a poucas quadras do estádio. Você pode ir andando, desde que com cuidado e por caminhos mais movimentados, para evitar problemas com furtos. Siga pelo acesso principal que há mais comércios e movimento que não será um problema.

Ali é um ponto histórico onde estão os “conventillos” (cortiços) coloridos e que se tornaram turísticos e muito charmosos. Eles surgiram quando as famílias originais desta região fugiram devido a uma epidemia de tifo, e alugaram suas residências para os imigrantes que estavam chegando no porto.

Esta região teve seus altos e baixos e chegou a ser um local quase abandonado. Porém, felizmente houve uma mobilização e restauro, e se tornou um polo turístico com a presença de artistas, restaurantes e lojas para já garantir sua lembrança. Curta e tire muitas fotos, e ali já pode ser uma opção de almoço em um dos restaurantes de La Boca.

Parte 2: Do centro à Puerto Madero

Agora é o momento de bater perna pelo centro para passear e ver alguns dos lugares mais conhecidos da cidade.

Seja via transporte por aplicativo ou sua melhor opção, você pode seguir direto ao Teatro Colón. Este espaço cultural é grande e lindíssimo e você pode ao menos conhecê-lo por fora. Há visitas guiadas, mas salvo se realmente você fique até a noite na cidade, você conhecerá seu exterior, e seguirá 3 quadras pela Av. 9 de julio, a mais larga do mundo até o Obelisco, onde está o letreiro B. A. e vai garantir a foto!

Dali você pode descer cerca de 5 quadras pela movimentada Av. Corrientes até a Rua Florida. Na verdade tem várias opções ruas para passear ali com lojas e galerias e inclusive apenas para pedestres e você até pode mudar, mas por ser bem conhecida é uma opção bem fácil para se localizar para chegar na Florida.

Esta Rua ficou famosa por sua antigas bancas de flores… hoje não tem o mesmo charme, mas ainda é bem conhecida e tem muitos comércios e lojas para turistas. Para provar produtos de marcas bem locais e corriqueiras, você pode comprar alfajores e doces em uma das várias lojas 25h espalhadas nela.

Se quiser não sair da rota, você irá para a direita, mas vale voltar um pouquinho indo à esquerda para conhecer mais da Rua e o Shopping Galerias Pacífico, umas 4 quadras a esquerda e seu belíssimo teto com afrescos e inclusive dá pra beliscar algo se bater a fome.

fachada da casa rosada em buenos aires
A sede do governo argentino não fica de fora desta parada de um dia em Buenos Aires!

Retorne andando um pouco mais, passe a Av. Corrientes e siga mais algumas quadras até você ver uma Avenida larga onde então você já verá o início da Plaza de Mayo, onde você vai descer cerca de 2 quadras. Ali é possível visitar a Catedral Metropolitana e conhecer a Fachada da Casa Rosada, a famosa sede do governo argentino.

Por fim, você pode descer pela lateral esquerda (olhando de frente) da Casa Rosada e passar pelo Centro Cultural Kirchner – que fica para uma próxima e é um dos lugares que indico do meu roteiro com crianças – e mais uns minutinhos você chegará em Puerto Madero, em uma área central dele.

Puerto Madero é uma região muito legal de antigas docas de Porto que se transformou em um centro gastronômico e delicioso para passear. Ali tem opções diversas desde sorvetes e lanches até restaurantes mais sofisticados ou cafés.

Ali ainda é possível conhecer a Fragata Sarmiento, um antigo barco que é possível ver seu interior como um museu geralmente no período da tarde, ou e a Puente de la Mujer, que atravessa a doca e é um ponto clássico da região.

Você fecha ali com chave de ouro para retornar ao aeroporto ou ao navio se o seu dia acabar. Para quem ainda tem a noite, a dica é assistir um show de tango – tem por ali mesmo – porém é necessário conferir horários, até porque muitos começam bem mais tarde.

Um dia em Buenos Aires – Opção Alternativa

Se você já conhece estes lugares e quer explorar algo diferente, uma boa opção é curtir a região de Palermo! Este é um dos bairros mais gostosos com muitas opções gastronômicas e seus deliciosos bosques e ruas para passear.

Mulher sentada em banco com lago e portal japonês ao fundo.
O Jardín Japonês é um dos lugares que dá pra visitar em um roteiro nos arredores de Palermo!

Aqui vale pegar um mapinha para escolher pontos favoritos de interesse dos viajantes para montar um roteirinho (posso ajudar com minha consultoria também).

Tem vários parquinhos públicos maravilhosos para as crianças, o Distrito Arcos Outlet super charmoso e para quem desejar fazer compras, e ótimos restaurantes e opções gastronômicas ao redor da Plaza Inmigrante de Armenia seja para doces locais ou para uma Parrilla caprichada.

Em Palermo e arredores você ainda pode visitar alguns lugares bacanas como:

> El Rosedal;

> Eco parque;

> Jardin Japones + Plaza Alemania;

> Centro Cultural de la Ciencia;

Agora ficou fácil de aproveitar… qual foi mais a sua cara? Seja como for o importante é planejar com cuidado para ter um dia super bem aproveitado na capital argentina e aproveitar ao máximo.

E precisando, conte comigo! Seja como for, com planejamento vai ser sucesso, só vai ficar com um gostinho de quero mais para uma próxima oportunidade para voltar com calma!

tábua com empanadas e copo de cerveja

Restaurante em Bariloche: 10 Opções para sua viagem!

Escolher um bom restaurante em Bariloche não é uma missão difícil, nem fácil. Falo que não é difícil porque a variedade é muito ampla, e existem opções para vários gostos e bolsos.

Não é fácil porque você talvez acabe em dúvida para decidir, e também para se programar, principalmente na alta temporada (onde você quer aproveitar o inverno da melhor maneira na cidade), porque para alguns é necessário planejamento para chegar em um bom horário ou fazer reservas para evitar filas e esperas!

Mas, a ideia do post é dar esta ajuda através da minha curadoria como travel designer especialista em Argentina. Fiz uma curadoria de restaurantes de Bariloche para vários perfis de viajantes, e como era uma demanda de meus clientes saber quais poderiam ser feitos reserva e quais não, neste post optei por justamente fazer esta divisão para ajudar na escolha.

As opções de restaurante em Bariloche que coloquei aqui são variadas: famosas, centrais, afastadas e mais… e tem uma seleção ainda mais completa e com mais detalhes no meu Guia Bariloche Memóravel com tudo o que você precisa em um só lugar também!

Se fizer reserva, respeite o horário para não perdê-la. Se desejar conhecer um restaurante em Bariloche que não trabalhe com reserva, recomendo que no horário da abertura para não enfrentar filas, pois podem ser longas e a cidade fica bem cheia na alta temporada – principalmente em julho que é período no período das férias de inverno.

Onde comer em Bariloche com reservas antecipadas

Mesa posta com batatas, carne e temperos
Crédito da imagem: Divulgação Alto El Fuego

1. Alto El Fuego
Um clássico restaurante de carnes argentinas por corte estilo parrilla e com uma cava de vinhos espetacular. O restaurante é pequeno e super exclusivo, por isso a reserva antecipada é fundamental, mas é apenas possível fazê-la no jantar para o horário de abertura.
Dica: Peça uma mesa próximo a janela ao reservar, já que tem uma vista bonita para a rua.
Telefone: +54 294 415-1409
Endereço: 20 de Febrero 451, San Carlos de Bariloche, Río Negro
Horário de funcionamento: segunda de 20h às 0h | Terça a Sábado de 12h às 15h e de 19h30min
às 23h30min | Domingo fechado
Site: https://altoelfuego.com.ar/
Instagram: @altoelfuegopatagonia


2. Madurado
Cozinha especializada em carnes maduras (dry aged), um ambiente único e exclusivo à beira do lago. Está localizado dentro do Clube de Regatas de Bariloche.
Se você está em um grupo com 6 a 7 pessoas você pode reservas uma área exclusiva Living Vip, desde que a consumação mínima do grupo seja de 70mil pesos argentinos. Se você está em família recomendo reservar na área interna Salon, pois é coberto e aquecido e você ainda podem ver a parrilla de sua mesa.
Telefone: +54 294 491 5587
Endereço: Av. Exequiel Bustillo km20, Villa Campanario, Río Negro
Horário de funcionamento: quarta a segunda de 17h30min às 21h30min
Instagram: @madurado.resto

mesa com grande prato de carne com ervas
Crédito: Divulgação Foco Cocina

3. Foco Cocina de Fuegos
Restaurante em Bariloche mais afastado do centro especialista em comidas feitas na brasa. No menu você vai encontrar pratos com cordeiro, truta, cogumelos e diferentes cortes de carnes, vegetais e frutos do mar; podendo optar por um menu 5 passos ou escolher de acordo com o cardápio.
Telefone: +54 9 294 460-6077
Endereço: Av. Exequiel Bustillo 11500, San Carlos de Bariloche, Río Negro
Horário de funcionamento: terça a domingo de 20h às 23h30min
Instagram: @focobariloche

4. Olivar
Especializado em tapas, o restaurante conta com um cardápio bem variado e boa cava de vinhos, além de boa cerveja artesanal.
Telefone: +54 011 6838-3350
Endereço: San Martín 574, R8400 San Carlos de Bariloche, Río Negro
Horário de funcionamento: segunda a sábado de 19h à 01h.
Instagram: @olivar.bardetapas

5.Ãnima
Comandando por um casal que tem como objetivo refletir a alma deles na comida, muito amor pela cozinha e hospitalidade. Uma proposta diferente dos tradicionais restaurantes de Bariloche, e só atende com reserva antecipada.
Dica: esse restaurante tem um menu mais sofisticado e não possui menu kids. Recomendo apenas para famílias com crianças maiores de 12 anos e que não possuem seletividade na alimentação.
Telefone: +54 294 4598-900
Endereço: Cto. Chico, R8400 San Carlos de Bariloche, Río Negro
Horário de funcionamento: segunda de 20h às 0h | Terça a Sábado de 12h às 15h e de 20h às 0h |
Domingos fechado
Instagram: @animarestaurante

tábua com corte de carne e copo de cerveja com paisagem de lago e montanha de neve ao fundo
Crédito: Divulgação Cervejaria Patagonica

6. Cervejaria Patagonica
Estae lugar não é só um restaurante em Bariloche, mas uma mini fábrica da cervejaria Patagônia com restaurante e uma vista deslumbrante.

O cardápio não é grande, mas vale a refeição com a vista. Você pode acessar o local sem reserva, mas para o restaurante você precisa realizar reserva, pois fica bem cheio, principalmente aos fins de semana.
Dica: nessa cervejaria existe um tour pela fábrica, mas não é permitida a entrada de menores de
18 anos. Se algum adulto da família tiver interesse em fazer é necessário realizar reserva pelo site de forma antecipada.
Telefone: +54 9 294 445-0124
Endereço: Cto. Chico, R8400 San Carlos de Bariloche, Río Negro
Horário de funcionamento: segunda a domingo de 12h às 0h
Instagram: @patagonia.bariloche

Onde comer em Bariloche – Opções Sem Reservas (mas que valem a pena)

7. El Boliche de Alberto
Amado pelos brasileiros, possui uma das melhores sobremesas da cidade, a Copa Alberto (experimente). Com duas unidades na cidade de Bariloche, chegue cedo para não pegar fila, pois o atendimento é por ordem de chegada.
Telefone: +54 294 415-1409
Endereço 01: Ada María Elflein 158, San Carlos de Bariloche, Río Negro
Endereço 02: Villegas 347, San Carlos de Bariloche, Río Negro
Horário de funcionamento: todos os dias de 12h às 15h e de 20h às 0h
Site: https://www.elbolichedealberto.com.ar/
Instagram: @elbolichedealbertook

8. La Casita
Restaurante em Bariloche de culinária Argentina com influência europeia. Tem um cardápio variado com opções de cordeiro, fondue de queijo e outros pratos riquíssimos.
Dica: o fondue é bem farto e serve duas pessoas, recomendo muito! De sobremesa siga na pegada da casa e peça um fondue de chocolate, ambos acompanhando de excelentes vinhos.
Telefone: +54 294 442-6741
Endereço: Quaglia 342, San Carlos de Bariloche, Río Negro
Horário de funcionamento: de quarta a segunda 12h às 15h e 20h às 23h30min
Instagram: @lacasitabariloche

9. Familia Weiss
De clássica cozinha regional, está localizado em um chalé de montanha bem no centro de Bariloche. Chegue cedo pois o restaurante funciona por ordem de chegada.
Telefone: +54 294 443-5789
Endereço: Vice Almte. O’Connor 401, San Carlos de Bariloche, Río Negro
Horário de funcionamento: todos os dias de 12h às 15h30min e de 20h às 23h30min.
Instagram: @familia.weiss.bariloche

10.Oveja Negra
Um restaurante de empanadas com sabor da patagônia – afinal não podia faltar um lugar com essa iguaria argentina, que pode ser bem acompanhada de um vinho tirado na hora ou uma cerveja artesanal.
Telefone: +54 294 487-4040
Endereço: 24 de septiembre esquina, Saavedra 8400, San Carlos de Bariloche, Río Negro
Horário de funcionamento: terça a domingo de 11h30min às 23h
Instagram: @ovejanegrabrc

É claro que a Patagônia Argentina tem muito mais opções para comer bem, seja em restaurantes ou em cafés, chocolaterias, etc. No Guia Bariloche Memorável ainda tem mais algumas opções de restaurantes e lugares como estes, além de, é claro, muito mais dicas para você aproveitar o destino!

E agora, quais foram os seus favoritos? Programe-se e aproveite estas delícias, e precisando de mais detalhes e uma Viagem Sob Medida, fale comigo que tenho certeza que você vai gostar da proposta!